Apresentação

Solos de Referência do Estado de Pernambuco

Os Solos de Referência do Estado de Pernambuco, Coleção Mateus Rosas Ribeiro, antigo Centro de Referência e Informação de Solos do Estado de Pernambuco (CRISEPE), localizado na Área de Solos do Departamento de Agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco, teve início em 1994 com o desenvolvimento do projeto de pesquisa intitulado "Caracterização e classificação de solos de referência do Estado de Pernambuco". O projeto teve o apoio financeiro da Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e teve por objetivos a confecção de macromonolitos e a caracterização e classificação dos principais solos do Estado. Este projeto objetivava a elaboração de um banco de dados e a organização de uma coleção de perfis preservados dos solos de Pernambuco, que permitam embasar a transferência de agrotecnologia e o desenvolvimento de pesquisas, destacando a importância da classificação taxonômica neste processo.

Além disso, a coleção de perfis de solos preservados constitui um instrumento de excepcional utilidade para o ensino da ciência do solo em todos os níveis de educação. Entre outras funções, o acervo está preparado para desenvolver atividades de extensão, difusão e intercâmbio que promovam a educação, a popularização e a divulgação científicas para alunos do ensino fundamental e médio das redes pública e privada.

Em dezembro de 2012, os professores da área de solos do Departamento de Agronomia da UFRPE consideraram adequado que a coleção recebesse o nome de seu idealizador, falecido em 10 de novembro do mesmo ano. Designar os Solos de Referência de Pernambuco como Coleção Mateus Rosas Ribeiro, portanto, é uma justa homenagem ao profissional que muito contribuiu para a pedologia no Brasil e para a formação de toda uma escola de pedólogos que, agora, seguem os passos do mestre.

Compartilhe: